Links de Acesso

Guiné-Bissau elege Presidente a 24 de Novembro - quem são os candidatos?


Palácio Presidencial em Bissau. Guiné-Bissau

Esta é a segunda eleição que a Guiné-Bissau realiza em 2019. A 10 de Março o país realizou eleições legislativas, ganhas pelo PAIGC, que já tinha vencido o pleito de 2014.

Em Março de 2019, o PAIGC propõe Domingos Simões Pereira a primeiro-ministro, mas perante rejeição de José Mário Vaz, o Presidente da Guiné-Bissau, a pasta mantém-se com Aristides Gomes.

De 2014 até 2019 o país já teve sete chefes de Governo: Aristides Gomes, Artur Silva, Umaro Sissoco Embaló, Baciro Djá, Carlos Correia, Baciro Djá e Domingos Simões Pereira.

Na corrida à Presidência estão 12 candidatos:

CARLOS GOMES JUNIOR - Foi Presidente do PAIGC durante 12 anos. Primeiro-ministro duas vezes (2004 e 2009) e candidato presidencial em 2012, tendo sido afastado pelos militares na segunda volta face a Koumba Yala.
Empresário de carreira, é accionista em várias empresas - a títulos de exemplo, Petromar e Banco de África Ocidental.
Candidato independente.
Etnia/ Religião: Cristão

DOMINGOS SIMÕES PEREIRA - Actual Presidente do PAIGC e antigo primeiro-ministro de 2014 a 2015. Foi Secretário Executivo da CPLP em 2005, indicado pelo antigo Presidente da República, Nino Vieira.

Foi Secretário Geral de Caritas Guiné-Bissau. Foi Ministro das Obras Públicas em 2002 durante o então regime de Koumba Yala e em 2014 sob a governação de Carlos Gomes Júnior. Engenheiro Civil, formado na antiga União Soviética e tem um mestrado nos Estados Unidos de América.
Candidato apoiado pelo PAIGC.
Etnia/ Religião: Balanta

JOSÉ MÁRIO VAZ - Actual Presidente da República desde 2014. Antigo Ministro das Finanças, conhecido por “Homem de 25”, porque pagava os salários a 25 de cada mês.
Foi presidente da Câmara Municipal de Bissau. Empresário com vários empreendimentos em Bissau e Dakar, sobretudo. JOMAV é o nome da sua empresa. Economista de formação, estudou em Portugal.
Candidato independente.
Etnia: Manjaco

NUNO GOMES NABIAN - Era uma figura anónima até Koumba Yala, líder do fundador do PRS, o ter lançado em 2014 como candidato presidencial independente, tendo conseguido passar à segunda volta que perdeu frente ao actual Presidente José Mário Vaz.
Nuno Nabiam viria a formar o seu partido APU-PDGB anos mais tarde, tendo conseguido eleger nesta legislatura cinco deputados e formar o Governo com o PAIGC, mediante um acordo de incidência parlamentar. Nabian é formado em Engenharia de Aviação Civil.
Candidato apoiado pelo PRS e APU-PDGB.
Etnia/ Religião: Balanta

UMARO SISSOCO EMBALÓ - Antigo Primeiro-ministro de 2016 a 2017, nomeado por José Mario Vaz.
Sissoco Embaló é tido como homem de negócios. Brigadeiro, especialista em mediação política internacional, defesa e cooperação. Muito próximo ao mundo árabe, lidou com Mohamed Kadaffi. Ele é co-fundador do MADEM-G15 (Movimento para Alternância Democrática).
Sissoco licenciou-se em Relações Internacionais pela Universidade Técnica de Lisboa e tem Mestrado e Doutoramento pela Universidade Complutense de Madrid na área das Ciências Políticas e Sociais e Relações Internacionais.
Candidato apoiado pelo MADEM-G15.
Etnia/ Religião: Fula

VICENTE FERNANDES - Formado em Portugal é advogado de carreira. Presidente do Partido da Convergência Democrática (PCD). Foi Ministro do Comércio duas vezes, em 2015 e 2017.
Candidato apoiado pelo PCD.
Etnia/ Religião: Manjaco

IDRISSA DJALÓ - Líder do Partido de Unidade Nacional (PUN). Empresário de carreira e gestor de alguns postos de combustíveis. Conhecido como critico de José Mário Vaz, Idrissa Djaló é apelidado de “Homem de Coerência”.
Candidato apoiado pelo PUN.
Etnia/ Religião: Fula

IAIA DJALÓ - Antigo funcionário do UNICEF em Bissau. Antigo dirigente do PRS, foi Ministro dos Negócios Estrangeiros na gestão de Koumba Yala, logo após o conflito político-militar de 7 de Junho de 1998. Foi recentemente ministro da Justiça e actualmente é ministro do Comércio. Fundador do Partido Nova Democracia (PND), tendo nas últimas eleições legislativas eleito um deputado no parlamento.
Djaló tem também no seu currículo os cargos de ex-vice presidente da Assembleia e Conselheiro Especial dos Presidentes Koumba Yalá, Raimundo Pereira e José Mário Vaz.
Candidato apoiado pelo PND.
Etnia/ Religião: Fula

BACIRO DJÁ - Antigo dirigente do PAIGC e antigo Primeiro-ministro em 2016. Já foi ministro da Defesa e ministro da Presidência do Conselho de Ministros, quando Domingos Simões Pereira foi Chefe do Governo, em 2015. A sua actividade reside apenas na política.
Criou o FREPASNA que o apoia nas presidenciais de 24 de Novembro.
Etnia/ Religião: Fula.

AFONSO TÉ - Militar na reserva. Foi vice-Chefe de Estado Maior General das Forças Armadas, no período que antecede ao conflito politico-militar de 7 de Junho 1998. Foi um dos homens de confiança de Nino Vieira.
Em 2015 participar na criação do Partido Republicano de Independência Democrática (PRID), do qual ainda é Presidente.
Afonso Té é militar de carreira e formado em Direito, mas tem investimentos em castanha de caju e numa empresa de água, baseada no Senegal, chamada Casamanceise.
Candidato apoiado pelo PRID.
Etnia: Papel

MUTARO DJABI - Estreante absoluto na arena política e na concorrência às eleições é o empresário Mutaro Intai Djabi, engenheiro civil formado em França.
Fundador do partido Nova Democracia, que o apoia.
Etnia: Fula

GABRIEL FERNANDO INDI - é um jovem dedicado ao associativismo, tendo sido promotor de futebol na sua vila, SAFIM, a alguns quilómetros de Bissau. Foi considerado o melhor dirigiente desportivo da Guiné-Bissau em 2016.
Esteve emigrado nos últimos dez anos em Portugal. Está a estudar Direito e é apoiado pelo Partido Unido Social Democrata, partido fundado por Victor Saúde Maria.
Etnia: Papel

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG