Links de Acesso

Domingos Simões Pereira: “quem quer ser Presidente não pode ser comerciante”


Domingos Simões Pereira

PO candidato do PAIGC, Domingos Simões Pereira, defende a ideia do povo afastar os empresários da vida política e, consequentemente, de ascensão ao poder.

Numa clara alusão ao presidente cessante e candidato presidencial, José Mário Vaz, o líder do PAIGC, sustenta haver candidatos que agora são os donos de muitas casas em Bissau.

“Quem quer ser presidente não pode ser comerciante. Não é porque o comerciante não é boa gente. Há muitos bons comerciantes. Mas, o trabalho de um comerciante é ter lucro,” disse Domingos Simões Pereira, este fim-de-semana, no norte do país.

Por seu turno, o candidato José Mário Vaz, que pede, aos eleitores, um segundo mandato, disse que “estas eleições são importantes e determinantes para futuro da nossa terra. Não devemos brincar com estas eleições:.

Enquanto isso, o candidato, apoiado pela FREPASNA, Baciro Djá, que se encontra no sul do país, atacou Umaro El Mokctar Sissoco Embalo, por este e os seus apoiantes, estarem a usar o “turbante islâmico” nas suas investidas de caça ao voto.

“Turbante não é para rapazinhos. Hoje, você vai a discoteca, vai aos bares, vê as pessoas a beberem com turbantes na cabeça ou na garganta. Isso é insulto a religião muçulmana,” disse.

Djá considera este facto de insulto a religião muçulmana.

Acompanhe:

Guiné-Bissau: Domingos Simões Pereira diz que“quem quer ser presidente não pode ser comerciante”
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:36 0:00


Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG