Links de Acesso

Angola: CPJ condena acção contra "Folha 8"


O Comité para a Protecção de Jornalistas condenou a acção da polícia angolana contra o semanário “Folha 8”.

O Comité para a Protecção de Jornalistas condenou a acção da polícia angolana contra o semanário “Folha 8” confiscando os computadores daquele semanário.

A organização, sediada em Nova Iorque, salienta que “ao confiscar os computadores do jornal, as autoridades estão na prática a paralizar as operações de uma das duas únicas publicações independentes que ainda existem no país.

Mohamed Keita, coordenador para África da organização, disse que a confiscação é um acto grosseiro de censura com o objectivo de silenciar uma das poucas fontes noticiosas independentes no pais.

Keita referiu-se ainda ao facto da confiscação ter sido feita ao abrigo de uma investigação relacionada com a publicação de uma foto montagem em que o presidente José Eduardos dos Santos e outras duas proeminentes figuras políticas angolanas são apresentadas como ladrões algemados.

As autoridades acusam o jornal de violar a lei protegendo a integridade do estado e do presidente.

A sátira, disse Keita, não é um insulto contra o estado mas sim parte de um debate robusto numa sociedade livre.

Em nome do Comité para a Protecção dos Jornalistas Mohamed Keita apelou às autoridades angolanas para devolverem o equipamento do “Folha 8” e para porem termo ao que qualificou de uma investigação politicamente motivada.

A organização fez ainda notar que esta não é a primeira vez que o “Folha 8” é alvo de acções do governo recordando uma pena de prisão suspensa contra o seu director William Tonnet e uma multa de mais de cem mil dólares de que Tonnet está a apelar nos tribunais.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG