Links de Acesso

Manifestantes em julgamento em Benguela

  • António Capalandanda

Organizações Não Governamentais condenam repressão

Com forte presença policial dentro e fora do tribunal iniciou-se Terça-feira em Benguela o julgamento de três manifestantes presos no fim de semana nesta cidade.

Os manifestantes foram detidos quando tentavam manifestar-se contra a nomeação de Susana Inglês para a Comissão Nacional Eleitoral.

O julgamento deveria ter-se iniciado Segunda-feira mas foi adiado por falta de comparência ao tribunal do governo da província, na qualidade de queixoso.

Terça-feira a audiência iniciou-se com duas horas de atraso e com a presença de numerosos agentes da polícia na sala de tribunal.

As instalações do tribunal encontravam-se cercadas por uma grande presença policial, incuindo a polícia anti-motim..

Nove organizações angolanas de defesa dos direitos humanos condenaram entretanto os “actos de intimidação e agressão dos manifestantes pacíficos” que participaram nos protestos de Sexta-feira e Sábado, nas províncias de Luanda e Benguela, responsabilizando a polícia pelos confrontos.

Associação Justiça, Paz e Democracia; Associação Mãos Livres; ADSA; Angola 2000; Fundação Open Society Angola; SOS – Habitat; Associação OMUNGA; Associação Construindo Comunidades e Plataforma de Mulheres em Ação subscreveramm uma “nota de repúdio” à “repressão” das manifestações.








XS
SM
MD
LG