Links de Acesso

Manifestação nas Lundas: Um morto, 12 feridos graves e 70 detidos

  • Armando Chicoca

Autoridades tradicionais do Protectorado Lunda reunidas em Saurimo. Jan., 30, 2017

A policia angolana cercou e disparou contra a residência de um dos membros do movimento protectorado Lunda Tchokwe, as 6h45 da manhã (hora local) hoje, 24 de Junho, no Cuango, resultando na morte de uma senhora e 12 feridos graves.

A policia deteve na mesma residência quatro indivíduos acusados de serem os cabecilhas da manifestação anti-governamental.

Ainda quando eram 8h20 em Cafunfo a polícia disparou contra manifestantes, atingindo as pernas de um dos manifestantes. Cinco membros do protectorado acusados de serem os cabecilhas da manifestação foram detidos.
No Dundo devido ao aparato militar ao longo da fronteira e a presença da polícia nas ruas daquela cidade os manifestantes não saíram à rua.

De recordar que além da exigência da autonomia do território que compreende "o Império Lunda Tchokwe", nomeadamente a Lunda Norte, Lunda Sul, Moxico e Cuando Cubango, também exigem a libertação dos cinco membros do movimento encarcerados na cadeia de Cacanda desde a primeira manifestação do ano a 4 de Janeiro em Cafunfo.

Os Mwananganas querem um diálogo com o executivo de JES sobre a situação sócio-política e administrativa do território.

A tentativa de manifestação de hoje resultou na morte de uma senhora, 12 feridos graves e 70 detidos.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG