Links de Acesso

Autoridades da Lunda Norte garantem protecção aos refugiados

  • Armando Chicoca

Governador diz que crianças são prioridade

Forças Armadas angolanas acusadas de apoiarem militares da RDC

Autoridades governamentais da Lunda Norte garantem protecção dos direitos de todas crianças provenientes da República Democrática do Congo (RDC) que se encontram em Angola.

A garantia é do governador da província da Lunda Norte, Ernesto Muangala, em comunicado oficial.

No terreno, no entanto, alguns anciãos angolanos que vivem ao longo da fronteira entre os dois países dizem que algumas aldeias têm sido atacadas por militares da RDC em retaliação às baixas sofridas nos confrontos com as milícias.

Informações não confirmadas indicam que as forças de defesa e segurança de Angola têm sido acusadas de prestarem socorro à forças militares de Joseph Kabila, o que tem provocado reacção das milícias "kamuna nsapo", causando mortes nos seio das forças de defesa e segurança angolanas.

O governador da Lunda Norte, Ernesto Muangala reafirma que Angola não é parte do conflito.

“O que o governo angolano está a fazer é defender a vida humana dos refugiados ao abrigo das convenções internacionais”, sublinhou Muangala.

Fontes não governamentais falam em mais de 25 mil refugiados.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG