Links de Acesso

Congresso americano votará sanções contra Rússia


Congresso americano

A Casa Branca anunciou neste domingo, 23 de Julho que o Presidente Trump vai apoiar as sanções

O Congresso americano chegou a acordo neste fim-de-semana para votar na próxima semana as novas sanções contra Rússia, Irão e Coreia do Norte.

A Casa Branca anunciou neste domingo, 23 de Julho que o Presidente Trump vai apoiar as sanções.

O Senado adoptou quase por unanimidade em 15 de Junho uma proposta de lei de sanções contra a Rússia e o Irão, mas o texto estava bloqueado desde então na Câmara dos Representantes, onde as negociações finalmente chegaram a um bom termo no sábado.

A Câmara votará na terça-feira, 25 de Julho, uma lei sancionando não apenas a Rússia, especialmente pela sua alegada ingerência na campanha presidencial americana e pela anexação da Crimeia, e o Irão, como também a Coreia do Norte pelos seus recentes lançamentos de mísseis balísticos.

O texto era objecto de resistência por parte da Casa Branca, porque pretende atar as mãos de Donald Trump para impedir, eventualmente, que retire as sanções existentes contra Moscovo.

O presidente americano, suspeito de ter simpatia por Vladimir Putin, seria colocado de facto sob a vigilância do Congresso.

Diante do quase consenso do Congresso, controlado pelo Partido Republicano, a Casa Branca informou neste domingo sobre o apoio de Donald Trump às sanções.

"Apoiamos a legislação atual e continuaremos a trabalhar com a Câmara de Representantes e o Senado para impor sanções severas contra a Rússia até que a situação na Ucrânia se resolva plenamente", declarou a porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders, à emissora ABC.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG