Links de Acesso

Angola e Cabo Verde procuram parcerias com a China na saúde

  • Simião Pongoane

Produção de medicamentos e construção de laboratório na agenda

Os governos de Angola e Cabo Verde manifestaram a sua intenção de estabelecer parcerias com a China no campo da saúde.

Representantes dos dois países participam em Pretória, na África do Sul, na conferência dos Ministros Africanos da Saúde e China, que teve início na segunda-feira, 24, e termina amanhã.

O ministro da Saúde de Cabo Verde, Arlindo do Rosário, disse procurar parcerias com empresas chinesas de produção de medicamentos, em virtude de o seu país ja possuir uma fábrica que produz 30 por cento dos medicamentos usados no arquipélago.

O país tem registado bons indicadores no sector desde a sua independência há 42 anos, o que, para Arlindo do Rosário, deve-se “à manutenção de políticas prudentes pelos sucessivos governos”.

Por seu lado, depois de uma longa guerra civil que destruiu infra-estruturas de saúde, Angola procura apoio da China para a construção de um laboratório de controlo de doenças, chamado CDC.

Este interesse foi manifestado por Constantina Furtado Machado, secretária de Estado de Saúde.

Furtado reconhece que os indicadores de saúde em Angola são preocupantes, “com a mortalidade materno-infantil muito elevada”.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG