Links de Acesso

Milhares morrem no mundo por falta de tratamento de hepatite

  • Redacção VOA

Muitos infectados não conhecem o seu estado.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) diz que milhões de vidas poderão ser salvas se os infectados com hepatite viral forem testados e tratados.

Estima-se que 325 milhões de pessoas em todo o mundo têm hepatite B e C. A hepatite B é transmitida através do sangue ou outros fluidos. A hepatite C é transmitida através do contacto directo com sangue infectado.

Segundo a OMS, centenas de milhares de pessoas infectadas morrem por falta de assistência. E muitas não sabem que estão infectadas.

Em 2015, 1.3 milhões de pessoas morreram de hepatite, número superior aos casos de morte por HIV, o vírus que causa a Sida.

No novo relatório sobre a doença, a OMS alerta que a falta de tratamento coloca as pessoas em risco de progressão para a doença hepática crónica, cancro e morte.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG