Links de Acesso

Comandante militar da FLEC capturado no Congo


Comandante militar da FLEC-FAC (facção de Nzita Tiago) , General Gabriel Nhemba Pirilampo

Comandante militar da FLEC-FAC (facção de Nzita Tiago) , General Gabriel Nhemba Pirilampo

Separatistas de Cabinda afirmam que Nhemba Pirilampo levado para Luanda num avião angolano e temem pela sua vida

O comandante militar da FLEC, general Gabriel Nhemba Pirilampo, foi capturado em Ponta Negra e encontra-se em parte incerta.

Informações obtidas pela Voz da América (VOA) em Cabinda indicam que Pirilampo pode ter sido detido por forças congolesas.

Mas porta-vozes da FLEC, em entrevistas à VOA, afirmam que o seu comandante foi "raptado" por forças de segurança angolanas e levado para Luanda, num avião igualmente angolano, e que receiam pela sua vida.

"Não sabemos se ele está vivo, ou não", declarou Afonso Massanga, o responsável pelos Negócios Estrangeiros do governo da FLEC, no exílio. Massanga disse que Pirilampo, foi levado "para a casa Militar de José Eduardo dos Santos". Acrescenta que o comandante rebelde foi espancado e torturado o que deixa os responsáveis da FLEC "muito inquietos".

Massanga, que falava com a VOA a partir de Amesterdão, disse que o rapto de Pirilampo é uma "declçaração de guerra" à FLEC, mas reafirma a determinação em procuyrar uma soluçlºao negociada para o conflito de Cabinda.

No terreno, João Alberto Gomes "Noite e Dia", o secretário do Bureau de Orientação Político-Militar da FLEC é, temporariamente, o chefe militar do movimento até à escolha de um substituto de Nhamba Pirilampo.

Falando à VOA algures na fronteira Cabinda-Congo, "Noite e Dia" disse que a sua missão "é libertar o povo de Cabinda" e manter a palavra de honra de combater até à libertação do povo de Cabinda".

Clique nas barras sobre este texto para ouvir as declarações de Afonso Massanga e João Gomes "Noite e Dia".

XS
SM
MD
LG