Links de Acesso

Associação de prostitutas luta contra o SIDA

  • Faizal Ibramugy

Associação de prostitutas luta contra o SIDA

Associação de prostitutas luta contra o SIDA

Grupo criado em Nampula, em Moçambique, com o objectivo de travar o alastramento da epidemia do HIV/SIDA

Prostitutas e toxicodependentes de Nampula, em Moçambique, decidiram criar uma associação com o objectivo de travar o alastramento da epidemia do SIDA.

A Associação das Trabalhadoras de Sexo e Usuários de Droga, "OTHOLA" foi criada com base numa pesquisa realizada nos finais de 2009 por uma organização não-governamental que pretendia intervir em três grupos de alto risco,nomeadamente prostitutas, toxicodependentes e
homossexuais.

A referida pesquisa apontava para a necessidade da criação de uma associação, onde os três grupos de risco podiam desenvolver várias actividades para a redução de riscos.

O processo de criação da Associação arrancou em 2010, mas esta veio a concretizar-se nos finais de Setembro de 2011, quando a "OTHOLA" realizou a primeira Assembleia Geral, de onde foi eleita a direcção que agora tomou posse.

O presidente da organização disse à reportagem da “Voz da América” que é um desafio pertencer uma associação que engloba grupos de alto risco e acrescentou que
tudo estava a ser feito para evitar qualquer intimidação dos seus membros.

A Associação das Trabalhadoras do Sexo e Usuários de Droga conta já com 60 membros na cidade de Nampula, Mogovolas, Namialo e Nacala-porto.

Ouça a reportagem do Faizal Ibramugy.

XS
SM
MD
LG