Links de Acesso

Moçambique: Desmobilizados aderem a manifestação da RENAMO

  • Faizal Ibramugy

Afonso Dhlakama, líder da RENAMO

Afonso Dhlakama, líder da RENAMO

Mais de 150 desmobilizados de guerra vão aderir às manifestações que a RENAMO convocou para 25 de Dezembro.

Em Moçambique, mais de 150 desmobilizados de guerra vão aderir às manifestações populares
que o principal partido da oposição, RENAMO, convocou para 25 de Dezembro próximo.

A informação foi revelada à reportagem da “Voz da América” em Nampula, pelo presidente do Fórum dos Desmobilizados de Guerra em Moçambique, Hermínio dos Santos.

Hermínio dos Santos disse-nos que estava a ser alvo de fortes pressões exercidas por organizações ligadas ao partido no poder, FRELIMO, no sentido de "calar a boca" e abandonar a liderança do fórum.

De acordo com Hermínio dos Santos, a decisão de poder aderir à denominada “revolução” do Partido RENAMO surge com o objectivo de afastar a FRELIMO do
poder após mais de 35 anos.

O Fórum dos Desmobilizados de Guerra em Moçambique, submeteu à presidência da república em meados do mês passada uma carta solicitando a desconsideração do estatuto do combatente, por alegar que o documento é ainda discriminatório.

Hermínio dos Santos explicou à nossa reportagem que até ao momento a referida carta não obteve resposta.

Ouça a reportagem do Faizal Ibramugy.

XS
SM
MD
LG