Links de Acesso

Moçambique: Japão doa 10 mil toneladas de arroz

  • William Mapote

O governo do Japão vai doar a Moçambique, mais de dez mil toneladas de arroz para reduzir o défice nacional deste cereal ao longo do próximo ano.

O governo do Japão vai doar a Moçambique, mais de dez mil toneladas de arroz para reduzir o défice nacional deste cereal ao longo do próximo ano.

O gesto nipónico foi confirmado através de um contrato para a concretização da ajuda alimentar comercial, assinado pelo conselheiro da Embaixada do Japão em Moçambique, Keiji Hamada, e o vice-ministro da Indústria e Comércio, Keneth Marizane.

A ajuda nipónica está avaliada em 630 milhões de Ienes (cerca de USD 8 milhões) e para as autoridades do MIC, mais do que reduzir o défice, o produto vai contribuir para impulsionar acções da sua comercialização no mercado doméstico.

Apesar do enorme potencial agro-ecológico para a produção deste cereal, um dos produtos básicos da dieta da população moçambicana, o país produz apenas 12,4% das suas necessidades internas. O resto dos 67,6% continua a ser coberto por donativos e importações.

O Japão e os Estados Unidos da América, através da USAID, são os principais doadores do arroz consumido no país, que apesar das intenções publicamente manifestas, apontando para a redução do défice, a curto prazo, os resultados continuam a desmentí-lo.

As previsões para a presente campanha agrícola indicam que o país vai produzir 388.912 toneladas que após processamento resultarão em 196 mil toneladas, para um consumo interno de 534 mil toneladas anuais.

O nível de produção esperada para este ano representa um aumento, de apenas 11 mil toneladas, comparativamente à anterior campanha agrícola, cuja safra foi de 371.402 toneladas, das quais, resultaram 172.342 toneladas de produto final após processamento.


XS
SM
MD
LG