Links de Acesso

Nampula: Polícias premiados por actuação contra ex-guerrilheiros

  • Faizal Ibramugy

Blindado da polícia nas ruas de Nampula, após o ataque à delegação da Renamo

Blindado da polícia nas ruas de Nampula, após o ataque à delegação da Renamo

Os agentes destacaram-se durante o confronto armado com os guerrilheiros da Renamo no dia 8 de Março.

Polícias premiados em Nampula

Em Moçambique agentes da polícia da Força de Intervenção Rápida de Nampula, que se destacaram durante o confronto armado com os guerrilheiros da Renamo no dia 8 de Março, foram galardoados com vários prémios.

O acto teve lugar no quartel da sexta sub unidade daquela força especial, durante um almoço de confraternização alusiva aos 37 anos que a corporação completou a 17 do correntes mês.
A cerimónia de premiação dos três melhores agentes da FIR contou com a presença de altas patentes da polícia em Nampula.

Entre os contemplados, constam os nomes de Manuel Fernando, sargento principal da polícia com mais de vinte anos de carreira. Na qualidade do primeiro classificado, Manuel Fernando disse à VOA que o que terá contribuído para a recepção daquele que é o seu primeiro prémio nos últimos 20 anos de trabalho, foi o facto de ter aberto as frentes que desalojaram os ex-guerilheiros em Março passado.

Questionado se esperava um dia receber um premio pela sua participação numa operação considerado de risco, a fonte disse que não, para depois justificar-se “é minha missão garantir a ordem e tranquilidade públicas”.

Manuel Fernando diz que o trabalho realizado naquele dia, tinha o propósito de libertar o um povo que estava privado de circular livremente na Rua dos Sem Medo por um grupo de pessoas movidas por interesses obscuros.

Para além de Manuel Fernando, foram premiados dois cabos da policia, nomeadamente Fernando Salicujeba e Juma Arune.

Recorde-se que cabe à polícia a escolha dos premiados, ficando ao critério da operadora de telefonia móvel Vodacom preparar os prémios de acordo com a classificação de cada um deles.

Um agente ligado a área de comunicação daquela empresa de telefonia móvel disse na ocasião que oferecer um telemóvel a um agente da Força de Intervenção Rápida facilita a comunicação antes e depois de uma operação.


XS
SM
MD
LG