Links de Acesso

Venezuela: Procuradora-Geral impedida de sair do país


Luisa Ortega Diaz

O Supremo Tribunal da Venezuela congelou os bens da Procuradora-Geral e impediu-a de sair do país, devido à alegada "grave má conduta " em exercício.

A decisão contra Luisa Ortega Diaz foi feita, quarta-feira, pelo tribunal, na sequência de um pedido do deputado Pedro Carreño.

Luisa Ortega disse em conferência de imprensa que o seu país enfrenta "terrorismo de estado" e prometeu a todo o custo "defender a constituição e a democracia”.

"O que penso é que temos um terrorismo de estado, onde o direito de protesto não é permitido, onde as manifestações são cruelmente reprimidas, onde os civis são julgados na justiça militar", disse Ortega, que pediu a restauração da ordem constitucional.

Ela também se declarou inimiga do governo de Maduro.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG