Links de Acesso

Polícia moçambicana detém pessoas supostamente ligadas ao assassinato do autarca de Nampula

  • William Mapote

Inácio Dina, porta-voz da PRM

Porta-voz da PRM não dá detalhes mas apenas que dois dos detidos eram conhecidos de Amurane

A Polícia da República de Moçambique (PRM) anunciou nesta terça-feira, 10, a prisão de pessoas em conexão com o assassinato, no dia 5, do autarca de Nampula, Mahamudo Amurane.

O porta-voz do Comando Geral da PRM, Inácio Dina, disse que são dois indivíduos, cuja identidade não quis avançar.

Informações que circulam desde ontem em alguns círculos de opinião dão conta de um vereador de Amurane e de um empreiteiro que trabalhou na reabilitação da sua residência particular, como sendo as pessoas que atraíram o autarca para a morte.

Inácio Dina não confirma, nem desmente e diz apenas que os indiciados eram pessoas próximas ao edil.

Ainda nesta terça-feira, a polícia actualizou os dados da confrontação em Mocímboa da Praia.

A PRM fala em 17 mortos, dos quais 14 homens armados, dois agentes da polícia e um líder comunitário, havendo 52 pessoas detidas.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG