Links de Acesso

Assaltantes com vestes islâmicas atacam cidade moçambicana

  • André Baptista

Fontes locais dizem que atacantes roubaram armas e tentam controlar a vida de Mocimboa da Praia

Um grupo de pessoas com vestes islâmicas atacou um comando da Polícia, matou três agentes a tiros e assumiu o controlo na madrugada desta quinta-feira, 5, de Mocimboa da Praia, uma vila satélite de Pemba, a capital da provincia moçambicana de Cabo Delgado.

Pelo menos foram contabilizados até agora cinco mortos, sendo três policias e dois atacantes, e dezenas de feridos.

A VOA apurou junto de fontes locais que um dos atacantes foi capturado.

O grupo com armas de fogo e vários materiais contundentes atacou o comando da Força de Proteção dos Recursos Naturais, ligada à Polícia, roubou armamento e, em simultâneo, invadiu a vila, que já controla.

Duas caravanas, militar e polícial, foram emboscadas quando tentavam reforçar o contingente na vila, que se confronta desde a madrugada com o grupo, que supostamente exige a libertação, pela Polícia, de quatro condenados a penas maiores pelo tribunal local por envolvimento com o terrorismo.

“Nós estamos retidos num cruzamento, sem poder chegar a Mocimboa da Praia, porque há um forte tiroteio entre a Polícia e o grupo dos atacantes. Há baixas na Polícia e nos atacantes, e um dos atacantes foi capturado”, contou à VOA Jonas Wazir, jornalista baseado em Cabo Delgado, que descreveu violentos confrontos na vila.

O trânsito ficou interrompido para ou de Mocimboa da Praia, que vive um total deserto nas ruas, sendo vistos apenas a Polícia e os atacantes.

“Há um silêncio total nas ruas e estamos a precisar de socorro porque os atacantes estão a avançar no controlo da vila”, disse à VOA por telefone uma moradora local.

Nas redes sociais, vários moradores de Mocimboa da Praia descrevem o pânico, o medo e o terror causados pelos confrontos entre a Polícia e os atacantes, havendo relatos de vários civis mortos.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG