Links de Acesso

MPLA e UNITA medem "forças" na Huíla

  • Redacção VOA

MPLA e UNITA na Huíla mostram-se confiantes num bom resultado nas eleições de 23 de Agosto a poucos dias do arranque oficial da campanha eleitoral.

O MPLA deu por encerrada a pré-campanha depois de o seu primeiro secretário, João Marcelino Tchipingue, ter visitado 13 dos 14 municípios da província a tentar convencer os eleitores à volta das linhas de força do programa de Governo.

O responsável pelo Departamento de Informação do MPLA, na Huíla, Augusto Veloso, diz que os objectivos definidos para a pré-campanha foram atingidos, agora as atenções estão voltadas para a campanha propriamente dita.

"Nós vamos fazer a abertura da nossa campanha eleitoral num dos municípios ao nível da província e pensamos que temos a máquina bem afinada bem oleada uma vez que já apresentamos de forma sucinta a figura do nosso candidato e consequentemente o nosso programa de governo e o seu manifesto eleitoral do qual estamos crentes que a população está a aderir, aliás, isso viu-se em todos os municípios e comunas que passamos a quantidade de militantes simpatizantes e amigos que conseguimos congregar nos nossos actos políticos", disse Veloso.

Para o maior partido na oposição, o trabalho de mobilização até aqui realizado faz augurar bons resultados no escrutínio de 23 de Agosto.

O secretário provincial da UNITA, Alcibíades Kopumi, avança que a forma clara como tem sido passada a mensagem aos cidadãos transmite confiança ao partido.

“Estamos confiantes na vitória do nosso partido aqui na Huíla isto fruto do trabalho que temos estado a fazer um trabalho de proximidade junto dos cidadãos dos huilanos no geral um trabalho que infunde confiança e esta avaliação tema a ver como a forma como a nossa mensagem tem sido recebida tem sido uma mensagem que tem sido transmitida com clareza objectividade", afirmou Kopumi.

Tanto o MPLA como a UNITA na Huíla vaticinam vitória nas eleições de 23 de Agosto.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG