Links de Acesso

Novo Governo de Cabo Verde é "pequeno, produtivo e parceiro”

  • Redacção VOA

Primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, e Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, Cabo Verde

Primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, e Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, Cabo Verde

A definição é do futuro primeiro-ministro Ulisses Correia e Silva.

O futuro primeiro-ministro de Cabo Verde anunciou nesta sexta-feira, 8, uma reestruturação da administração pública através do reajustamento de estruturas, mas sem despedimentos.

Ulisses Correia e Silva fez estas declarações depois de apresentar a sua proposta de Governo que deverá tomar posse a 22 de Abril.

Para os próximos tempos, anunciou mudanças nas estruturas das direcções-gerais dos ministérios, nos institutos públicos, fundos e serviços autónomos e nas agências de regulação do Estado e prometeu ainda “descentralizar mais”, tendo, por isso, ficado com essa pasta.

A proposta apresentada e aceite pelo Presidente da República Jorge Carlos Fonseca tem 12 ministros e nenhum secretário de Estado, dando assim cumprimento ao que Ulisses Correia e Silva prometeu durante a campanha.

“Pequeno, produtivo e parceiro”, é como Correia e Silva definiu o seu Executivo.

O Governo:

Primeiro-Ministro: José Ulisses Correia e Silva

Ministro da Presidência, Assuntos Parlamentares e Desporto: Fernando Elísio Freire

Ministro das Finanças e Administração Pública: Olavo Correia

Ministra de Justiça e Trabalho: Janine Lelis

Ministro da Cultura e Indústrias Criativas: Abraão Vicente

Ministro dos Negócios Estrangeiros e Comunidades e Ministro da Defesa: Luís Filipe Tavares

Ministra das Infraestruturas, Ordenamento do Território e Habitação: Eunice Silva

Ministro da Economia e Emprego: José Gonçalves

Ministro da Administração Interna: Paulo Rocha

Ministro da Agricultura e Ambiente: Gilberto Silva

Ministro da Saúde e Segurança Social: Arlindo do Rosário

Ministra da Educação, Família, e Inclusão Social: Maritza Rosabal

A nova Assembleia Nacional saída das eleições de 20 de Março toma posse a 20 de Abril e o Governo deverá assumir as funções dois dias depois, tendo duas semanas para apresentar o seu Programa.

No Parlamento, o MpD terá 40 deputados, o PAICV 29 e a Ucid três parlamentares.

XS
SM
MD
LG