Links de Acesso

Cabo Verde: Presidente do PAICV não se demite, da Ucid não sabe

  • VOA Português

Janira Hopffer Almada, presidente do PAICV

Janira Hopffer Almada, presidente do PAICV

Ambos não conseguiram objectivos propostos das eleições de 20 de Março.

No rescaldo das eleições legislativas de Cabo Verde realizadas no domingo passado e ganhas pelo MpD, na oposição, questiona-se agora o futuro dos líderes dos restantes partidos.

Janira Hopffer Almada, do PAICV, no poder desde 2011, e António Monteiro, da Ucid, que, embora tenha aumentado a sua presença no Parlamento para três deputados não conseguiu formar um grupo parlamentar, têm posições diferentes.

Janira Hopffer Almada, que preside o PAICV desde Dezembro de 2014, assumiu o risco de tentar o quarto mandato depois de o partido ter governado o país durante três legislaturas consecutivas.

Mas não conseguiu. O MpD, na oposição, venceu com 53, 5 por cento, enquanto o PAICV não foi além de 37,5 por cento e Ucid, com 6,8 por cento.

“Penso que é uma questão que sinceramente não coloca, continuarei a exercer as minhas funções de presidente do PAICV enquanto o partido entender que eu sou útil”, garantiu Hopffer Almada a jornalistas, reiterando que nunca exerceu nem exercerá nenhum cargo por apego ao poder.

António Monteiro, presidente da Ucid

António Monteiro, presidente da Ucid

Posição diferente tem o presidente da Ucid, que, no entanto, não quer revelar o seu destino à frente do partido.

Antes das eleições, António Monteiro disse que deixaria a liderança da Ucid caso conseguisse os cinco deputados que lhe permitiriam formar um grupo parlamentar. Agora, diz ainda não sabe.

“Eu disse que repensaria a minha posição, mas tal como disse a um jornalista no domingo (20) ainda não sei “, afirmou Monteiro, sem dar mais detalhes.

No domingo, 20,com uma taxa de abstenção de 34, 5 por cento, o MpD conquistou 40 dos 72 lugares no Parlamento, PAICV 38 e Ucid 3.

Ulisses Correia e Silva, presidente do MpD, será o futuro primeiro ministro, cujo nome já foi apontado pelo partido ao Presidente da República que também recebeu o aval do PAICV e da Ucid.

O próximo chefe do Governo, que deverá ser empossado em Abril.

XS
SM
MD
LG