Links de Acesso

Juiz vai decidir sobre activistas detidos em Cabinda

  • Arão Ndipa

Prazo para detenção preventiva termina este fim-de-semana mas poderá ser prolongado.

Em Cabinda um tribunal local deverá decidir na próxima segunda-feira, 26, se os dois activistas presos desde o passado dia 14 de Março. continuarão detidos ou se aguardarão o julgamento em liberdade.

José Mavungo e Arão Tempo foram presos no dia em que estava prevista uma manifestação em Cabinda para protestar contra a alegada violação de direitos humanos e a má governação na província..

Tempo, um conhecido advogado no enclave e presidente do Conselho Provincial de Cabinda da Ordem dos Advogados de Angola, foi preso junto à fronteira com a República do Congo.

Ambos não foram ainda acusados formalmente, mas segundo as autoridades fazem face a acusações de crimes contra a segurança do Estado.

O prazo de prisão preventiva termina este fim-de-semana mas um juiz pode prolongá-lo por mais 45 dias.

XS
SM
MD
LG