Links de Acesso

Frelimo e Renamo trocam insultos

  • Faizal Ibramugy

Frelimo e Renamo trocam insultos

Frelimo e Renamo trocam insultos

Em Nampula Frelimo acusa Dhlakama de discursos "desfazados da realidade"; Renamo acusa Frelimo de ser "animal selvagem"

A Frelimo e a Renamo estiveram envolvidos numa troca de insultos na sequencia de uma entrevista do líder da oposição Afonso Dhlakama que teria aconselhado interesses estrangeiros a abandonarem o país.

O partido Frelimo diz que o discurso do líder da Renamo Afonso Dlakhama viola de forma flagrante a vontade nacional e o interesse público dos moçambicanos.

O Secretario do Comité Central da Frelimo para a Área de Mobilização, Edson Macuacua falava em Nampula, reagindo as recentes declarações de Afonso Dlakhama que foi citado por um jornal em circulação no país como tendo aconselhado as representações internacionais em Moçambique a abandonarem o mais rápidamente possível o território nacional, advertindo que uma campanha do seu partido para tirar a Frelimo do poder poderia desestabilizar o país.

Edson Macuacua disse que a Frelimo entende que o discurso de Dlakhama é contra o censo e inspiração da colectividade dos moçambicanos e não faz sentido nenhum.

“Não há espaços para guerra no nosso país”, disse Edsom Macuacua, considerando por outro lado o conselho do líder do maior partido da oposição, desfasado e desconectado com a realidade do país.

O partido Renamo em Nampula respondeu as declarações de Edson Macuacua que descreveu como "um pintaínho que não chega a patamar nenhum" e "um animal selvagem".

O Chefe de mobilização do partido de Afonso Dlakhama, disse que as declarações de Edsom Macuacua são infundada.

Ouça a reportagem do Feizal Ibramugy carregando na barra azul no topo

XS
SM
MD
LG