Links de Acesso

Mototaxistas do Bié vão ter julgamento sumário


Jovem morto no Bié, pela polícia, durante manifestação de motoqueiros contra a brutalidade policial

Jovem morto no Bié, pela polícia, durante manifestação de motoqueiros contra a brutalidade policial

Sem abertura de um inquérito

Mototaxistas manifestantes detidos pela polícia angolana no Bié, durante um protesto contra os excessos policiais, deverão ser levados ao tribunal para julgamento sumário; a informação foi prestada ao público pelo Governador da Província, Boavida Neto.

A polícia fala na detenção de cerca de seis manifestantes. O número de feridos e mortos da repressão policial, na passada quinta feira, ainda são por determinar.

Boavida Neto confirmou a morte de um dos motoqueiros pela polícia, sem garantir a abertura de um inquérito para se esclarecer as circunstâncias do sucedido.

Refira-se que, os motociclistas falam no falecimento três pessoas, entre os quais, um jovem, uma criança e um agente da policia.

Segundo as fontes, o policial morreu em consequência da pancadaria que recebeu dos manifestantes, ao passo que, as duas outras pessoas foram baleadas pelos agentes da polícia.

As autoridades acusam os mototaxistas de terem se manifestado ilegalmente e portes de armas durante os protestos, assim como crimes de ofensas corporais.

Os motociclistas negam terem transportado armas de fogo durante os protestos e a oposição acusa polícia de uso desnecessário da força.

XS
SM
MD
LG