Links de Acesso

UNITA critica registo eleitoral

  • Arão Ndipa

Victorino Nhany

Victorino Nhany

Conselho Político da Oposição considera no entanto que processo decorreu com normalidade

Unita critica processo eleitoral

Partidos políticos da oposição estão divididos em relação às metas alcançadas durante o processo de actualização de dados do registo eleitoral.

A UNITA fala em exclusão e irregularidades mas o Conselho Político da Oposição considera que o registo decorreu com normalidade.

O secretário geral da UNITA Victorino Nhany disse que regiões de tradicional apoio ao seu partido foram ignoradas no processo de registo de novos eleitores.

Nhany mencionou áreas no Moxico e na província do Cuando Cubango como exemplo de regiões em que simpatizantes da UNITA não puderam actualizar os seus cartões de eleitores ou não foram registados apesar de terem idade de votar.

Nhany disse ainda que fiscais propostos pela UNITA foram impedidos de observar o processo de registo.

Este dirigente da UNITA disse à Voz da América que “em função da propria constituição o processia devia ser conduzido por um orgão independente” mas o processo tinha sido levado a cabo por orgãos do governo angolano.

“Nunca deveria ter sido o Ministério da Administração do Território a conduzir o processo,” disse, nomeando ainda a Comissão Interminiserial para o Processo Eleietoral (CIPE) como outro “orgão executivo” encarregue do processo e dependente do “chefe do executivo” que é o presidente da Republica que pertence ao MPLA.

Nhany reafirmou a oposição do seu partido à nomeação de Susana Inglês para presidir á Comissão Nacional Eleitoral.

Até agoram foram registados um milhao de novos eleitores em Angola e os partidos políticos na oposição estão divididos em relação às metas alcançadas durante o processo de actualização de dados do registo eleitoral.

O líder do Conseho Politico da Oposição Anastácio Finda disse contudo que a sua coligação faz uma avaliação positiva do processo mas admitiu haver algumas preocupações.

O CPO considera de “positivo” o registo de um milhão de novos eleitores para um total de nove milhões.

Embora pudesse ter havido mais registos isso não pode ser culpado interamente no executivo, disse.

Ouça as declarações carregando na barra azul no topo

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG