Links de Acesso

"Zenú é bode expiatório, é Zédu quem devia ser preso" - Deputado da CASA CE


Vice-presidente da UNITA diz que se campanha anti-corrupção continuar " vamos ter que pedir aos chineses para construirem mais prisões"

José Filomeno dos Santos é apenas o “bode expiatório” pois quem devia ser preso é o seu pai, o antigo presidente Eduardo dos Santos, disse o deputado da CASA-CE Makuta Nkondo.

O deputado reagia à prisão do filho do ex-Presidente e do seu sócio Jean-Claude Bastos de Morais anunciada Segunda-feira, 24, em Luanda.

Makuta Nkondo disse que no caso da transferência de 500 milhões de dólares, em que o antigo presidente do Banco Nacional de Angola Valter Filipe foi colocado em prisão domiciliária, foi Eduardo dos Santos quem autorizou a transferência.

"Para mim tanto o José Filomeno dos Santos como o antigo governador do BNA são apenas bodes expiatórios,” disse.

“Quem devia ser detido é José Eduardo dos Santos porque ele é que autorizou a saída daquele dinheiro do BNA, ele é o verdadeiro culpado porque do BNA ninguém consegue tirar avultadas somas sem que o Presidente da República autorize".

Zenú dos Santos não pode pagar caução para aguardar julgamento em liberdade

Para o deputado da CASA-CE, o Presidente João Lourenço “ainda não merece os nossos aplausos”.

“Detenções por detenções não resolvem o problema”, acrescentou.

Raúl Danda
Raúl Danda

O vice presidente da UNITA, Raúl Danda, disse por seu turno em tóm irónico que “a situação está quente e se esta via prosseguir assim haverá depois muito pouca gente que vai ficar cá fora”.

“Acho que nesta altura se calhar devemos contratar os chineses para construção de mais cadeias”, acrescentou.

Mas Raúl Danda foi também de opinião que em termos de impacto na vida diária dos angolanos as detenções nada significam.

"Continua a preocupar-me o facto de termos ainda um país onde se morre de fome onde as pessoas sentem a falta de tudo: saúde, educação, medicamentos, energia elétrica, água potável”, disse

“Quaisquer que sejam as políticas adoptadas só têm valor se tiverem impacto positivo sobre a vida das populações”, acrescentou afirmando ainda que “com essas detenções as pessoas gritam que está tudo bem mas há ainda um longo caminho a percorrer”.

“Vamos ver se para lá das detenções que vão acontecendo se o país muda de facto para que todos sejam iguais”, disse.

Makuta Nkondo chumba a governação de João Lourenço em Angola
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:48 0:00

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG