Links de Acesso

Tribunal francês condena Christine Lagarde, directora do FMI


Christine Lagarde

A justiça condenou nesta segunda-feira, 19 de Dezembro, a directora do Fundo Monetário Internacional, Christine Lagarde, acusada de ter permitido por negligência um importante desvio de dinheiro público quando era ministra de Economia de França.

A decisão foi tomada pelo Tribunal de Justiça da República (CJR), uma jurisdição excepcional criada com o propósito de julgar os ministros e ex-ministros por crimes cometidos no exercício de suas funções.

Na altura, a então ministra das Finanças de Nicolas Sarkozy aprovou um regulamento de arbitragem num velho conflito entre Bernard Tapie e o antigo banco público Crédit Lyonnais relativamente à compra de equipamento desportivo no início dos anos 1990.

Tapie recebeu uma indemnização de 403 milhões de euros, aprovada por Lagarde.

Christine Lagarde, de 60 anos, não vai enfrentar, no entanto, qualquer pena de prisão e também não deverá sofrer qualquer medida por parte do FMI.

Lagarde tirou uma licença do Fundo Monetário Internacional durante seu julgamento. A directora do FMI assumiu o cargo em 2011, quando Dominique Strauss-Kahn resignou após um escândalo sexual.

A sua Opinião

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG