Links de Acesso

Suspeitos de envolvimento no ataque de Barcelona comparecem a tribunal de Madrid


Quatro homens acusados de pertencer a uma célula jihadista responsável pelo ataque com uma carrinha que matou 13 pessoas em Barcelona, na semana passada, compareceram a um tribunal, nesta terça-feira, um dia depois de o suposto motorista ter sido morto a tiros pela polícia.

Os quatro, os únicos ainda vivos entre os 12 suspeitos que se acredita terem composto o grupo, foram levados de Barcelona a Madrid e chegaram ao Tribunal Supremo, que lida com casos de terrorismo, num comboio de veículos policiais com as sirenes ligadas.

Na segunda-feira a polícia matou a tiros Younes Abouyaaqoub, de 22 anos, que identificou como o motorista da van que acelerou pela lotada avenida Las Ramblas, em Barcelona, na quinta-feira, deixando um rastro de 13 mortos e 120 feridos de 34 países.

Depois do ataque, Abouyaaqoub fugiu a pé, matou a facadas um homem que estacionava o carro e fugiu em seu veículo.

O jornal espanhol La Vanguardia relatou nesta terça-feira que Abouyaaqoub andou cerca de 40 quilômetros de Sant Just Desvern, uma cidade nos arredores de Barcelona onde descartou o carro roubado, até Subirats, onde foi baleado fatalmente.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG