Links de Acesso

Senado dos EUA absolve Trump de ambas acusações de impugnação


Presidente Donald Trump

O Senado dos EUA, como era previsto, absolveu o Presidente Donald Trump, nesta quarta-feira, 5, no processo de impugnação, com um único republicano, o senador Mitt Romney, a votar contra.

Os democratas não conseguiram obter os 67 votos necessários para condenar o Presidente por abuso de poder, a primeira acusação; seguida por uma segunda, por obstrução do Congresso.

O julgamento do processo de impugnação de Trump foi o terceiro contra um Presidente na história do país, com o mesmo resultado provável, a absolvição.

Antes Andrew Johnson, em meados do século XIX, e Bill Clinton, duas décadas atrás, foram exonerados e permaneceram no cargo para concluir os seus mandatos.

Trump é o primeiro Presidente absolvido que irá concorrer para a sua reeleição ao cargo em Novembro deste ano.

O Presidente não mencionou a impugnação no seu discurso sobre o Estado da União, na noite de terça-feira, 4, mas ridicularizou o processo como uma "caça às bruxas" e disse que não fez nada de errado.

Os artigos da impugnação acusavam Trump de abusar do seu poder, ao pedir ao Presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskiy, que iniciasse as investigações Biden, enquanto retinha 391 milhões de dólares de ajuda militar à Ucrânia, que Kiev necessitava para combater os separatistas pró-russos.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG