Links de Acesso

UNITA promete salário minimo de 500 dólares e governo de inclusão

O presidente da UNITA Isaías Samakuva apresentou hoje o programa governativo do seu partido em que entre outras promessas disse que o seu governo iria estabelecer um salário mínimo de 500 dólares.

O presidente do maior partido da oposição prometeu na sua “agenda de mudança” um governo de inclusão de todos os angolanos

“Angola vive hoje uma crise de identidade sem precedente que está na base da falência moral do pais, mediocridade do sistema de saúde, desmoronamento do sistema de saúde, Angola é governado por uma oligarquia que instalou no país um sistema autoritário” disse o dirigente da UNITA.

Na apresentação do seu programa Isaías Samakuva frisou a necessidade de um salario mínimo e de habitação.

“Como já dissemos ninguém vai ganhar no governo da UNITA menos de 500 dólares ao câmbio actual”, disse sem contudo pormenorizar como será isso aplicado.

Presidente da UNITA prometeu ainda dar para cada família angolana uma casa condigna.

“A UNITA vai dar para cada família uma habitação condigna” disse.

Perante fortes aplausos o político disse também que ninguém mais vai morrer por falta de condições nos hospitais.

“Ninguém mais vai morrer no hospital porque não há condições”, frisou.

Na ocasião Isaías Samukuva anunciou que o seu governo caso ganhe as eleições vai se denominar GIP – Governo de Inclusão e Participativo que vai ter como base programa de curto e longo prazo.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG