Links de Acesso

Preso director de Infra-estruturas do Lubango


Tchitangueleka Huambo é suspeito de desvios de centenas de milhões de kwanzas do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios

Está detido por ordem do Ministério Público, o director de Infra-estruturas, ordenamento do território da administração municipal do Lubango, na província angolana da Huíla, Tchitangueleka Huambo.

Preso director de infraestruturas do Lubango – 1:26
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:26 0:00

Privado de liberdade desde sábado, 6, sobre Tchitanguelaka Huambo pesam crimes de peculato, associação criminosa, corrupção passiva, violação de normas de normas de execução de plano e orçamento, recebimento indevido de valores e branqueamento de capitais.

Em causa estará o extravio de 243 milhões de kwanzas do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM).

O Procurador da República junto da sala criminal do Tribunal da Comarca da Huíla, Gilberto Kawina, justificou a medida de coação de prisão preventiva, aplicada ao arguido.

“Ao final do interrogatório a que foi submetido o magistrado do ministério público competente que conduziu o interrogatório o cidadão, entendeu estarem reunidos os pressupostos legais e aplicou ao arguido a medida de prisão preventiva o que quer dizer que o cidadão em causa vai aguardar ulteriores termos do processo em prisão preventiva”, afirma.

O magistrado do Ministério Público admite que pelos valores em causa e pelo crime de associação criminosa em que está envolvido o gestor, mais pessoas possam vir a ser arroladas no processo, mas prefere deixar andar as averiguações no âmbito do segredo de justiça.

Tchitanguelala Huambo é o primeiro gestor na Huíla a ser detido por alegado descaminho de fundos do PIIM.

No mês passado, o Governo da província da Huíla tinha anunciado a criação de uma comissão de inquérito para apurar a qualidade e os atrasos que se assistem no andamento das obras inseridas no PIIM, nas circunscrições de Caconda e Caluquembe.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG