Links de Acesso

Presença de mulheres no Governo angolano é bem vista

  • Coque Mukuta

Luísa Rogério destaca ascensão da mulher num país machista

Deputada da UNITA diz que aposta na mulher tem um efeito positivo

O Presidente angolano, João Lourenço, deu posse, no sábado, 30, aos membros do Executivo.

Do total de 31 titulares de departamentos ministeriais, 11 são mulheres.

A nomeação de 11 mulheres vai ajudar a resolver os problemas que afectam os angolanos, de acordo com a deputada da UNITA, Albertina Navemba Ngolo, para quem quando se investe na mulher há um efeito nas famílias e desenvolve o país.

“A maior parte da população é pobre, são mães viúvas de maridos vivos, e terá um efeito positivo”, acredita Ngolo.

A jornalista Luísa Rogério lembra que se, por um lado, foram nomeadas 11 mulheres nos ministérios ,por outro lado, não foi nomeada nenhuma mulher para governar qualquer província.

Para Rogério este facto pode significar um “um retrocesso”.

A jornalista afirma ainda que num país que chamou de “machista” e“retrógrado” como Angola, “a nomeação de uma mulher mostrar dupla capacidade”.

Recorde-se que cerca de 52 por cento da população angolana é formada por mulheres.


Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG