Links de Acesso

Portugal e Angola vão chegar a "meio-termo" no caso Manuel Vicente, diz advogado angolano

  • Redacção VOA

Manuel Vicente

Dirigentes dos dois países vão encontrar-se na Suíça

Um conhecido jurista angolano disse que Portugal e Angola deverão chegar a um acordo sobre o caso que envolve o antigo vice-presidente angolano Manuel Vicente.

Pedro Capracata comentava o próximo encontro entre o primeiro-ministro português, António Costa, e o Presidente angolano, João Lourenço, a realizar-se dentro de duas semanas à margem do Fórum Económico Mundial em Davos, na Suíça.

Encontro Portugal angola ensombrado por caso Manuel Vicente - 1:10
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:10 0:00

Ao anunciar o encontro, o chefe do Governo português disse não haver problemas económicos e políticos entre os dois países, acrescentando que a questão relacionada com o ex vice-presidente angolano transcende o poder político sendo de exclusiva responsabilidade das autoridades judiciais.

Manuel Vicente é acusado de subornar um magistrado português durante investigações aos seus negócios em Portugal que, alegadamente, envolveriam a lavagem de fundos monetários

António Costa recusou pronunciar-se se as autoridades judiciárias portuguesas deveriam transferir o processo que envolve Manuel Vicente para Angola como exige Luanda, invocando o princípio da separação de poderes em Portugal

O advogado Pedro Capracata admite que possa haver uma solução política para o caso Manuel Vicente, sustentando que a justiça portuguesa acabará por ceder e encontrar um meio termo para o caso.

“A solução que se vai encontrar é uma solução política”, disse o advogado para quem o poder judicial português “vai acabar por ceder e encontrar um meio-termo” para se resolver o problema que “não afectará as relações entre Angola e Portugal”.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG