Links de Acesso

Papa expulsa da Igreja outros dois bispos chilenos por abusos sexuais


O Papa fala com o Presidente chileno Sebastián Piñera e sua esposa no Vaticano. 13 de Outubro 2018

O Papa anunciou neste Sábado, 13 de Outubro, a expulsão da Igreja de outros dois bispos chilenos por abusos sexuais de menores, no fim de uma audiência privada no Vaticano com o Presidente chileno, Sebastián Piñera, num novo gesto para acabar com a pedofilia na Igreja.

Os bispos Francisco José Cox Huneeis, arcebispo emérito de La Serena, e Marco Antonio Ordenes Fernández, arcebispo emérito de Iquique, receberam a maior punição da Igreja Católica "como resultado de actos manifestos de abuso de menores", afirmou a Santa Sé num comunicado.

Arcebispo de Washington, Theodore McCarrick, que enfrenta acusações de abuso sexual, resignou ao cargo

Papa Francisco pede perdão pelo escândalo sexual na Igreja Católica, na Irlanda

Os bispos foram "demitidos" do estado clerical "como resultado de atos manifestos de abuso de menores", afirmou a Santa Sé, citando um artigo específico no documento "Sacramentorum Santitatis Tutela".

A decisão foi adoptada pelo Papa na Quinta-feira, 11 de Outubro, e "não admite recurso", diz a nota indicando que os dois bispos foram informados nas suas respectivas residências por seus superiores.

O anúncio feito por ocasião da visita do Presidente chileno ao Vaticano foi interpretado como uma mensagem concreta de que o pontífice está determinado a aplicar com firmeza a "tolerância zero" contra a pedofilia.

A questão foi abordada pelos dois líderes durante a reunião privada na biblioteca particular do Papa.

De recordar que Sexta-feira, 12 de Outubro, o Papa Francisco aceitou a demissão do cardeal americano Donald Wuerl, arcebispo de Washington, que está envolvido num caso de encobrimento de padres acusados de abuso sexual de menores.

Leia Também:

Morreu o Cardeal Bernard Law, símbolo da crise de abusos sexuais da Igreja Católica

Vaticano diz que "Spotlight" é um filme emocionante e não anticatólico

Santa Sé expulsa pela primeira vez embaixador por pedofilia

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG