Links de Acesso

Pagamento de professores poderá comprometer o ano lectivo

  • Lassana Casamá

Governo diz que há funcionários “fantasmas”

O ano lectivo na Guiné Bissau poderá ser afectado pelo atraso no pagamento de salários de professores.

O governo bloqueou os salários de funcionários públicos, incluindo professores, alegando irregularidades nos processos de pessoal, que devem ser superadas, no âmbito da política de combate aos funcionários “fantasmas”.

Dados disponíveis apontam que mais de sete mil funcionários públicos estão em situação irregular, entre os quais, cerca de 4 mil, são professores.

O argumento do Governo não convence os professores que dizem ter processos em ordem:

Reportagem:

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG