Links de Acesso

Muçulmanos queixam-se de discriminação na Lunda Norte


Dezenas de mesquita spermanecem encerradas, diz dirigente muçulmano

Os muçulmanos na Lunda Norte dizem estar a ser vitimas de discriminação religiosa, enfrentando dificuldades para a legalização de mesquitas que outros cultos religiosos não encontram.

Antonio Muhalia Aly responsável da Comunidade Muçulmana na Lunda Norte disse que a comunidade encontra dificuldades em ter as assinaturas requeridas para a legalização das mesquitas reconhecidas pelas autoridades.

Aly disse que “a vice-governadora para área social não quer mesmo ver aqui as mesquitas muçulmanas”.

“Porque é que outras igrejas têm liberdade e nossa não pode ter?” questionou.

Aquele dirigente da comunidade muçulmana disse que 39 mesquitas permanecem encerradas na província.

A VOA tentou contactar as autoridades na provincia da Lunda Norte que havia supostamente prometido a reabertura das mesquitas até o mes de outubro mas não tivemos qualquer resposta.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG