Links de Acesso

MPLA deve pedir desculpas pelo 27 de Maio, diz associação


o

Autoridades continuam a não entregar restos mortais identificados e associação quer encontro com o Presidente

A Fundação 27 de Maio quer que o Presidente João Lourenço apresente um pedido de desculpa em nome do MPLA a todas às vítimas da prisões e mortes que ocorreram após os confrontos dessa data em 1977.

Associação 27 de Maio quer desculpas do MPLA 1:48
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:48 0:00

Dezenas de milhar de pessoa foram mortas ou desapareceram e a associação entrou agora um memorando à Comissão para Implementação do Plano de Reconciliação Em Memória das Vítimas de Conflitos Políticos formada pelo Presidente.

A associação quer um encontro com o Chefe de Estado pra discutir o ponto da situação da aplicação desse plano.

Silva Mateus presidente da Fundação 27 de Maio disse que um passo reconciliatório a dar seria o Presidente pedir desculpas às vítimas do massacre do 27 de Maio, em nome do MPLA, antes da inauguração de um monumento à paz que está previsto para este ano.

“Na procura da verdadeira reconciliação para o bem da nação, e em nome do MPLA, pede desculpas a todas as famílias afectadas e em coragem a toda a sociedade angolana e sobretudo às pessoas vitimadas”, disse.

“Esta mensagem dirigida à nação num dia festivo poderia ser a base mínima para a inauguração da estátua da paz”, disse.

Silva Mateus disse que é também prioridade que se entreguem os restos mortais para um enterro condigno de alguns, em representação de todos os outros desaparecidos nas cadeias.

“A outra preocupação é a entrega dos restos mortais que nós identificámos e sobre os quais ainda não tivemos nenhuma resposta”, disse.

“Por isso é que temos estado a enveredar todos os esforços para o encontro com o Chefe de Estado”, acrescentou.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG