Links de Acesso

Ministro do Interior de Angola garante que criminalidade em Luanda está controlada


Esquadra Móvel Polícia Nacional, Luanda. Angola

O ministro do Interior, Ângelo Veiga Tavares, reiterou recentemente que a criminalidade em Luanda está controlada e disse não existirem motivos para classificar a situação de segurança pública no país como alarmante.

Para falar sobre o assunto, ouvimos o sub comissário Mateus André, o deputado da UNITA Joaquim Nafoia e o jurista Monteiro Kawewe.

As autoridades angolanas continuam a minimizar os efeitos da criminalidade na capital do pais, onde osúltimos dias foram marcados com vários casos, que reflectem o clima de insegurança, principalmente no periodo da noite.

A onda de raptos e de assassinatos têm vindo a enlutar várias famílias angolanas, um pouco por todo o país, e o caso mais recente foi a morte
cruel de dois cidadãos, sendo que uma das vítimas foi a apresentadora
da Televisão Pública de Angola
, encontrada morta nos arredores de
Luanda.

Ainda assim a Polícia Nacional (PN) garante que tem a situação controlada, não admitindo incapacidade e falta de meios operacionais para prevenir e reprimir a criminalidade violenta que não escolhe as suas vítimas.

No encontro promovido na última semana entre o governo da província de Luanda e o ministro do Interior, os participantes em representação
da sociedade civil apontaram várias preocupações, desde a deficiente
iluminação pública, a ausência da presença policial nos arredores de
Luanda, a pouca fiscalização e o controlo da imigração ilegal, como
factores que contribuem para a onda de criminalidade.

O ministro do Interior defendeu mais investimento no policiamento de proximidade, principalmente no período da noite, para garantir a segurança da população e dar resposta às constantes reclamações dos cidadãos sobre assaltos na via pública e residências.

O ministro do Interior atirou-se contra as igrejas e denunciou que muitos crimes violentos que têm ocorrido em Angola, principalmente contra senhoras, são cometidos por cidadãos estrangeiros.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG