Links de Acesso

Malanje: Enfermeiros presos após roubo de medicamentos e material hospitalar


Hospital Municipal de Luquembo

Hospital do Luquembo está encerrado há uma semana

Na província angolana de Malanje o Hospital Municipal do Luquembo e cinco postos de saúde estão encerrados há uma semana, depois do roubo de medicamentos e material informático supostamente cometido por enfermeiros da instituição.

Enfermeiros presos em Malanje - 1:37
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:37 0:00

Os efectivos do Serviço de Investigação Criminal (SIC) e da Polícia Nacional (PN) locais encontraram e recuperaram em residências de oito enfermeiros detidos, seis kits de medicamentos, uma impressora e vários objectivos roubados no hospital.

O director do estabelecimento hospitalar, Domingos Anguilar, confirmou o roubo que ocorreu na segunda-feira, 12 de Fevereiro, depois do qual foi detido o segurança em serviço.

Um dos enfermeiros revelou que decidiram roubar a maioria dos medicamentos e material informático do Hospital para exigir melhores salários.

Vários deles respondem agora pelo roubo.

A sede município de Luquembo está localizado a 275 quilómetros a sul da cidade e não dispõe de qualquer centro de saúde ou farmácia privados, situação considera preocupante pelo secretário-executivo local da CASA-CE.

“Desde então, o hospital encontra-se fechado e os doentes não têm aonde ir, estão numa situação crítica”, reconheceu Tomás Domingos Ngola.

Ainda no Luquembo, a administração Municipal despediu recentemente mais de duas dezenas de funcionários contratados para o sector da saúde sem o pagamento de salários em atraso até 21 meses.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG