Links de Acesso

Jovem empreendedor quer fazer pesquisas para entender o comportamento do consumidor em Angola

  • Danielle Stescki

Mário Chuva, empreendedor

Mário Rafael Chuva, natural da província de Benguela, está a estudar marketing no Brasil. Ele quer inovar e dar o seu contributo a Angola.

Recentemente lançou o instituto filantrópico “Angola Pesquisas,” que tem a finalidade de entender o comportamento do consumidor. Dessa forma, pode ajudar organizações a oferecerem serviços e produtos que levem em conta atitudes, valores e necessidades de um determinado público.

Há várias maneiras de fazer pesquisa e Chuva explica que nessa fase inicial o instituto vai usar a metodologia quantitava e o formato de pesquisa online.

“O objectivo maior dessas pesquisas é ouvir a opinião do angolano. Fazer com que cada pessoa tenha a liberdade de falar, independente da opinião ser boa ou má”.

Até agora três levantamentos já foram feitos desde o lançamento do projecto no dia 31 de Outubro. Entre eles, as pesquisas sobre o melhor clube de futebol de Angola e quem faria mais falta hoje para se ter um país melhor: Agostinho Neto, Jonas Savimbi ou Holden Roberto.

“Em Angola nós temos uma enorme dificuldade de entender o que as pessoas querem de facto daquele produto, daquele serviço, daquela política pública. Não se pode criar alguma coisa sem se ter um público alvo”.


Confira a entrevista na íntegra para saber mais sobre o instituto, as próximas metodologias de pesquisas e a visão que Mário Chuva tem para o futuro do “Angola Pesquisas.”

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG