Links de Acesso

João Lourenço exonera comandante-geral da PN e chefe da secreta militar


Assembleia Nacional, Luanda

O Presidente angolano exonerou nesta segunda-feira, 20 de Novembro, o comandante-geral da Polícia Nacional, Ambrósio de Lemos, e o chefe da secreta militar, general António José Maria.

Para os seus cargos, João Lourenço nomeou o comissário-geral Alfredo Mingas e o general Apolinário José Pereira.

A informação divulgada pela Casa Civil do Presidente da República, em comunicado à imprensa, dá conta de que na exoneração do chefe do Serviço de Inteligência e de Segurança Militar, o chefe de Estado, João Lourenço, auscultou previamente o Conselho de Segurança Nacional.

O general António José Maria havia sido nomeado para aquelas funções, na liderança da secreta militar, em 2009, pelo então Presidente José Eduardo dos Santos.

Para o seu lugar, João Lourenço nomeou o tenente-general Apolinário José Pereira, exonerando-o da comissão especial de serviço em que estava desde 2014 no Ministério das Relações Exteriores.

O comissário-geral Ambrósio de Lemos foi nomeado comandante-geral da Polícia Nacional de Angola em 2006, também por José Eduardo dos Santos. Substituído agora pelo comissário-geral Alfredo Mingas, que era embaixador de Angola em São Tomé e Príncipe.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG