Links de Acesso

Isaías Samakuva preocupado com violência eleitoral

  • Isaías Soares

Isaías Samakuva em Malanje

"Há gente a morrer só por ser da UNITA" , diz líder do Galo Negro reagindo a confrontos no Huambo e Benguela

O líder da UNITA Isaías Samakuva manifestou-se hoje “muito preocupado” com actos de violência na campanha eleitoral afirmando que em muitas ocasiões as autoridades policiais permitem que os conflictos ocorram.

Samakuva em visita eleitoral a Malanje reagia ás noticias de confrontos no Huambo e em Benguela. No Huambo um dirigente local da UNITA foi morto.

“Há casos muito preocupantes, temos o nosso secretário provincial do Huambo que declarou um dia de luto hoje, 1, na província, exactamente por causa desses actos de intolerância”, disse o presidente da UNITA.

“Há gente que está a morrer estes dias só por ser da UNITA e nós estamos muito preocupados com isso”, acrescentou.

Samakuva afirmou que “o ministro do Interior e outras autoridades afirmam que vão garantir um processo eleitoral tranquilo” mas ao mesmo tempo “deixam ali as mensagens veladas que dão a entender que visam alguém, quando este alguém é, exactamente o MPLA”.

O líder da UNITA que trabalhou ontem na província do Kwanza-Norte, chegou Segunda-feira à noite a Malanje-

Hoje deslocou-se para o município de Calandula, e está previsto um acto de massas com os munícipes de Malanje amanhã.

Entretanto o director-geral da Acção do Desenvolvimento Rural e Ambiente, Belarmino Jelembe, referiu que o ambiente político em vésperas das quartas eleições gerais em Angola é de certa tranquilidade.

Angola Malanje director geral da ADRA Belarmino Jelembe
Angola Malanje director geral da ADRA Belarmino Jelembe

“Nós vemos aqui na província de Malanje e de uma maneira geral ao nível do país há uma certa tranquilidade em termos do ambiente eleitoral, não se registam assim casos de tensões de conflitualidade”, afirmou.

Acautelou no entanto que á medida que se aProxima o dia das eleições “o ambiente tende a aquecer “

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG