Links de Acesso

Haiti - Depois do terramoto, a tempestade Grace


Uma mulher recebe assistência médica fora do hospital, sábado, depois do terramoto de 7.2 em Les Cayes, Haiti, 16 de Agosto, 2021.

Dias depois de um terramoto devastador atingir o Haiti, a Depressão Tropical Grace trouxe fortes chuvas e ventos para o país.

Meteorologistas disseram que a tempestade pode causar 12 a 25 centímetros de chuva no sul do Haiti durante terça-feira, trazendo a ameaça de enchentes e deslizamentos de terra.

Também pode afectar a busca por sobreviventes e os esforços de ajuda aos deslocados, com a parte sul do país mais atingida pelo terramoto de magnitude 7,2 no sábado.

As autoridades haitianas disseram na segunda-feira que o número de mortos devido ao terramoto subiu para 1419 - quase duzentos a mais do que o número anterior divulgado no domingo.

Pelo menos mais 6000 pessoas ficaram feridas e procuram tratamento em hospitais lotados.

Centenas de pessoas esperavam na escada do hospital geral de Les Cayes, e muitos pacientes têm sido tratados em colchões no chão do lado de fora, pois o hospital está com poucos medicamentos.

O terramoto ocorreu perto da cidade de Petit-Trou-de-Nippes, cerca de 125 quilómetros a oeste da capital, Port-au-Prince, a uma profundidade de 10 quilómetros, de acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos da América.

O terramoto, que danificou casas, estradas e pontes na península sudoeste do país, deslocou milhares de pessoas. As ruas das cidades próximas ao epicentro foram revestidas de cimento enquanto equipas de resgate e colectores de sucata escavavam os escombros.

"Devemos trabalhar juntos para fornecer respostas rápidas e eficazes a esta situação extremamente séria", disse o primeiro-ministro do Haiti, Ariel Henry, no domingo. Ele voou para Les Cayes no sábado para avaliar os danos.

Muitos residentes de Les Cayes, a terceira maior cidade do país com uma população de 90.000 habitantes, passaram a noite ao ar livre, enquanto os tremores secundários continuaram a sacudir a área durante o domingo.

O Serviço Geológico dos EUA disse no sábado que o terramoto aumentou o risco de deslizamentos de terra na área.

A República Dominicana e o México estão entre os países que enviaram alimentos e medicamentos ao Haiti. Cuba enviou uma equipa de saúde de 235 membros.

Há pouco mais de um mês, o país entrou numa crise política na sequência do assassinato Presidente Jovenel Moise, em sua casa em 7 de Julho. A sua esposa, Martine Moise, ficou ferida no ataque.

Com AFP, Reuters e AP

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG