Links de Acesso

Denunciante que apresentou queixa contra Trump será ouvido pelo Comité de Inteligência


Presidente Donald Trump

O presidente do Comité de Inteligência da Câmara dos Representantes disse que há um acordo para ouvir um denunciante cuja queixa provocou uma investigação de impugnação do presidente Donald Trump.

"Estamos a tomar todas as precauções possíveis para... permitir que esse testemunho avance de uma maneira que proteja a identidade do denunciante", disse o Democrata Adam Schiff ao programa de notícias da ABC "This Week".

“Com o presidente emitindo ameaças ... podes imaginar as preocupações de segurança," acrescentou.

O denunciante alega que Trump, num telefonema de 25 de julho, procurou ajuda do novo presidente da Ucrânia para desenterrar informações incriminatórias sobre o ex-vice-presidente Joe Biden e seu filho Hunter, que prejudicariam as perspectivas de Biden ganhar a indicação presidencial Democrata em 2020.

"...maior golpe da história da política americana"

O presidente Donald Trump insiste que não fez nada de errado e continua a se defender pelo Twitter.

Ele disse que o inquérito de impugnação lançado pelos Democratas na Câmara dos Representantes "é o maior golpe da história da política americana".

O seu conselheiro, Stephen Miller, disse à Fox News, no domingo, que o comportamento do denunciante estava "próximo de um espião" e disse que o próprio Trump era o verdadeiro denunciante por revelar suposta corrupção por parte da família Biden.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG