Links de Acesso

Enviado americano à Ucrânia demite-se. Mike Pompeo convocado a testemunhar no Congresso


Kurt Volker - Primeira baixa na investigação a ligações Trump/ Ucrânia

O enviado especial do governo americano para a Ucrânia, Kurt Volker, apresentou a sua demissão, disseram fontes oficiais.

Volker demitiu-se depois de ter sido revelado que ele tinha organizado encontros entre o advogado pessoal do Presidente Donald Trump e entidades ucranianas para estes investigarem alegados negócios corruptos do filho do ex-vice presidente Joe Biden.

O departamento de estado recusou-se a comentar.

Ontem três comités da Câmara dos Representantes controlada pelos Democratas emitiram uma intimação pedindo documentos do Departamento de Estado ligados à Ucrânia.

O Secretário de Estado Mike Pompeo foi convocado a testemunhar perante três comités do congresso.

Cinco funcionários do Departamento de Estado, incluindo Volker. Foram também convocados a comparecer perante comités do congresso que dizem estar a investigar “a extensão com que o presidente Trump pôs em perigo a segurança nacional ao pressionar a Ucrânia para interferir nas eleições de 2020”.

Ontem o Presidente Trump acusou o presidente do Comité de Inteligência, Adam Schiff, de ter mentido ao congresso e pediu a sua demissão.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG