Links de Acesso

Cortes em França levam a demissão de Chefe das Forças Armadas


Chefe de Estado-Maior das Forças Armadas francesas, Pierre de Villiers, à direita, com o Presidente de França Emmanuel Macron

O chefe de Estado-Maior das Forças Armadas francesas demitiu-se depois do Presidente Macron cortar 850 milhões de euros do orçamento da defesa

Pierre de Villiers renunciou nesta quarta-feira, 19 de Julho, após uma disputa acalorada com o presidente francês, Emmanuel Macron, sobre cortes no orçamento da Defesa, trazendo à prova o líder recém-eleito.

Em comunicado, de Villiers , de 60 anos, disse que tentou manter uma força de defesa francesa com a capacidade de fazer um trabalho cada vez mais difícil dentro das restrições financeiras impostas, mas afirmou já não ser capaz de conseguir.

Macron substituiu Pierre de Villiers pelo general Francois Lecointre.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG