Links de Acesso

Coreia do Norte diz que novas sanções são acto de guerra


Embaixadora americana na ONU (àdiretas) e embaixador da Grã Bretanha votam a favor da nova resolução do Conselho de Segurança

A Coreia do Norte disse que as últimas sanções aprovadas pelo Conselho de Segurança da ONU são um acto de guerra e equivalentes a um bloqueio económico total.

Numa declaração o ministério dos negócios estrangeiros norte coreano disse que o país rejeita categoricamente a resolução que diz ser o resultado do terror americano face ao sucesso do seu programa nuclear e de mísseis.

Na Sexta-feira o Conselho de Segurança da ONU aprovou uma nova série de sanções que limitam a importação de produtos petrolíferos refinados e ordena o regresso de todos os trabalhadores norte coreanos no estrangeiro no espaço de dois anos.

Os Estados Unidos estimam que há entre 50.000 a 80.000 norte coreanos a trabalharem na China e cerca de 30.000 na Rússia cujos salários em divisas vão directamente par ao governo norte coreano.

A resolução foi aprovada por todos os 15 membros do Conselho de Segurança incluindo a Rússia e China

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG