Links de Acesso

Congresso americano vota sanções à Rússia hoje


Câmara dos Representantes do Congresso americano em Washington

A Câmara dos Representantes dos Estados Unidos deverá aprovar sanções contra a Rússia, ainda hoje, 25 de Julho.

A decisão pelas sanções está relacionada com o possível envolvimento da Rússia nas eleições presidenciais de 2016.

Além das sanções, deverão ser aprovados também novos poderes ao Congresso para rever qualquer tentativa do Presidente Donald Trump de aliviar as medidas impostas a Moscovo.

O Senado já aprovou a maior parte da sua versão da legislação. Em ambas as câmaras, legisladores pedem um período de 30 dias para votar em qualquer decisão de Trump para reduzir as sanções à Rússia, tais como a decisão do antigo Presidente Barack Obama em encerrar duas instalações russas nos Estados Unidos, em resposta à interferência nas eleições.

Trump manifestou-se contra a decisão de ver as suas acções unilaterais limitadas, no que toca às sanções à Rússia, porque o Presidente americano tem tentando uma abordagem amigável na sua relação com o Presidente Vladimir Putin.

Ainda não está claro no entanto se o Presidente americano vai assinar ou vetar a lei proposta, arriscando um voto congressional para ultrapassar o veto. Na versão final da lei espera-se também que constem sanções contra o Irão e a Coreia do Norte.

De recordar que vários painéis de congressistas estão a entrevistar assessores de campanha de Trump, sobre a possibilidade de ligações a interesses russos. O Conselheiro Especial Robert Mueller está a conduzir uma investigação criminal sobre se a campanha de Trump esteve em conluio illegal com Moscovo, se Trump obstruiu a justiça ao despedir James Comey, antigo director do FBI (Federal Bureau of Investigation) e que estava à frente da sobre a Rússia antes de Mueller ser delegado para o efeito.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG