Links de Acesso

CNE garante transparência na votação intercalar de Nampula


Moçambique – Campanha Eleitoral (foto de arquivo)

A garantia é feita após os partidos Renamo e MDM terem feito queixas.

A Comissão Nacional de Eleições (CNE) garante que na votação intercalar de Nampula serão usados os cadernos do Censo Eleitoral de 2014, no qual a cidade registou mais de 200 mil eleitores.

CNE garante transparência na votação intercalar de Nampula
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:29 0:00

A garantia é feita após os partidos Renamo e MDM terem feito queixas.

A Renamo reclamou a existência de nomes duplicados e o desaparecimento de alguns cadernos.

O MDM disse que o caderno do município da cidade de Nampula está no mesmo lugar que os dos distritos de Ribaue, Mogincual e Angoche.

Este partido reclamou também a redução do número de eleitores registados no posto 3 de Fevereiro.

O responsável provincial da CNE, Daniel Ramos, disse que os órgãos da administração eleitoral estão atentos às reclamações dos partidos e poderão responder positivamente.

Ramos, que garante a transparência, não confirmou se as denúncias dos partidos correspondem à realidade.

Hoje, 11, terceiro dia da campanha eleitoral, o movimento na cidade foi pacífico. Os cinco concorrentes continuara a caça ao voto porta-a-porta e nos mercados.

Ontem, a Igreja Católica protestou a colagem de panfletos do partido Frelimo no muro da residência episcopal.

Noutros cantos da cidade, houve reclamações de vandalização de panfletos, mas a CNE disse que tal não foi feito por partidos políticos.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG