Links de Acesso

Chuvas deixam 30.000 pessoas isoladas em Malanje


Fortes chuvas que caem sobre a região sul da província de Malanje desde os últimos dias, deixaram mais de 30 mil pessoas isoladas da sede municipal do Luquembo, a 158 quilómetros desta capital.

Os rios Jombo e Luando transbordaram e cortaram a circulação por estrada naquele perímetro.

As pessoas precisam de ajuda, o nível de água continua a subir e não há alimentos referiu o administrador da localidade, Alcino Siabala.

"Mas o que nos preocupa mais é o rio Luando pois é o rio que dá acesso às comunas de Cunha-Palanca, Capunda e Kimbango”, disse Siabala.

“Nesta região sul do município residem aproximadamente 35 mil pessoas, sem acesso à sede deste município", confirmou, acrescentando que "carecem e tudo, de acesso”

Não há relatos de perdas humanas, apesar de até ao momento nenhum apoio ter chegado á localidade para cuidar às vitimas.

"Neste momento em relação à apoios todos os esforços estão a ser envidados pelo senhor governador que está a interagir com as estruturas centrais para prestar apoio a esta comunidade", admitiu.

Naquela região ao sul de Malanje vai continuar a receber precipitações, na Sexta, no Sábado e Domingo

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG