Links de Acesso

Cabo Verde pode fornecer professores a Angola


Sindicato considera a proposta "absurda"

O ministro dos Negócios Estrangeiros de Cabo Verde, Luís Filipe Tavares, anunciou nesta terça-feira, 6, em Luanda, a possibilidade da contratação de professores do seu país por parte go Governo de Angola, com base num acordo que pode se assinado durante a sua visita a Luanda.

O anúncio foi feito depois de o seu homólogo angolano, Manuel Augusto, ter dito recentemente que Cabo Verde tem um excedente de professores que poderão ser uma mais-valia em Angola, em especial no ensino da língua portuguesa.

Cabo Verde poderá fornecer professores a Angola - 1:55
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:55 0:00

Luís Filipe Tavares está em Luanda onde deverá assinar vários outros acordos com Angola.

O líder do Sindicato dos Professores do Ensino Superior, Carlinhos Zassala, considera "um absurdo" o recurso a professores estrangeiros para o ensino da língua portuguesa quando o país tem muitos profissionais que não podem ser contratados por alegada falta de recursos financeiros e outros que não são promovidos pelas mesmas razões.

O sindicalista lamenta que o Governo tome medidas do género sem ouvir os sindicatos e alerta que, a concretizar-se, a contratação de professores estrangeiros para o ensino secundário pode vir a gerar convulsões sociais no país.

As autoridades angolanas admitem que o país necessita de mais de 20 mil novos professores no ensino geral para fazer face à escassez de quadros de que o sector padece.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG